O prisioneiro que não cede ao Grande Irmão 

Por John Pilger – Tradução: Gabriela Leite Sempre que visito Julian Assange, nos encontramos em uma sala que ele conhece bem. Há uma mesa vazia e fotos do Equadornas paredes. Uma estante sempre com os mesmos livros. As cortinas estão sempre fechadas e não há luz natural. O ar é abafado e fétido. Trata-se da Sala 101. Antes de…

Fonte: O prisioneiro que não cede ao Grande Irmão | Blog da Ligia Deslandes

Anúncios

Um comentário em “O prisioneiro que não cede ao Grande Irmão 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s